Tag Archiv: copa do mundo

Consórcio anuncia data do aeroporto do RN para 2014

Na noite de ontem decorreu uma reunião com empresários do turismo potiguar, na sede ABIH-RN, em Natal. Ibernon Martins, o superintendente do Consórcio Inframérica (responsável pela concessão operacional do Aeroporto de São Gonçalo do Amarante), assumiu um compromisso que será bastante cobrado por todo o Rio Grande do Norte.

A entrega do aeroporto do Consórcio em março de 2014. A data revelada é bem curta. “Sabemos que não há muito tempo, mas estamos trabalhando e garantimos o equipamento na data”, prometeu Martins. O Inframérica, vale lembrar, também será responsável por parte da administração do aeroporto de Brasília (Infraero, 51% – Inframérica, 49%). Os donos de hotéis de Natal, céticos em relação às ações do poder público, não acreditam que o Governo do Estado, nos espaço de dois anos, faça as desapropriações necessárias e construa estradas de acesso ao novo aeroporto.

Aliás, o trade turístico potiguar também demonstrou na reunião de ontem que não acredita que o Aeroporto de São Gonçalo do Amarante fique pronto antes da Copa do Mundo. Muitos voos para Rio Grande do Norte, chegam no Aeroporto Internacional Augusto Severo, na Grande Natal, que há mais de um ano funciona sem os elevadores que levam do saguão de check-in às salas de embarque para os voos.

Segundo o Consórcio Inframérica, responsável pelo equipamento de São Gonçalo, o atual aeroporto de Natal, que na verdade fica no município de Parnamirim, será desativado após a entrada em operação do novo aeroporto. Mesmo após reformas por que passa agora, a dois anos de sua provável extinção.

Brasil tenta solucionar problemas até a Copa

Copa airlinesAldo Rebelo, o ministro do Esporte do Brasil, garantiu à imprensa na última sexta-feira, dia 9 de Março, que os 12 estádios que receberão jogos oficiais do Mundial de Futebol de 2014 estarão prontos a tempo do início das atividades. Rebelo destacou no entanto, que o país sofre ainda com problemas de infraestrutura e serviços, deficiências que precisam ser resolvidas brevemente. O país sofre com problemas relativos a hotéis, que estão abaixo da oferta desejada em termos quantitativos e qualitativos e com problemas à recepção de mais voos nos aeroportos.

Rebelo amenizou o problema dos aeroportos e comentou: “O Brasil não tem problema na capacidade de pousar ou decolar um avião. O problema é nos serviços que se oferecem nos aeroportos. Quanto tempo um turista que vem de voos do exterior leva para pegar sua bagagem? É um tempo exagerado e sem necessidade. Não precisa de infraestrutura nenhuma. Precisa de mais gente da Polícia [Federal] e da Receita Federal para cumprir sua tarefa. Também é preciso que a companhia aérea tenha uma alternativa para prestar um serviço em casos de pane de sistemas. Toda empresa tem que estar prevenida para essa hipótese, para evitar filas”. A esquiva ainda não convence a opinião pública de que o país não sofrerá com atrasos dos voos e despacho de bagagens nos grandes eventos esportivos.

O ministro do esporte mostrou que os problemas do Brasil para sediar os jogos da Copa do Mundo não limitam-se aa questões sobre hotéis e voos e que o país precisa sanar problemas com as telecomunicações, que já apresentaram colapsos durante o último carnaval, reforçar a segurança e montar um aparato de saúde pública reforçado.

Copa airlines

X